Domingo, 29 de Junho de 2008

O material (acessório) e o essencial (viver)…

Neste modelo de sociedade para que fomos abruptamente empurrados andamos todos completamente de palas nos olhos á procura insistentemente do acessório e deixamos quase que de parte o essencial, a vida - VIVER.

 

Num país onde cerca de um terço da população (mais de 3 milhões) tem de "matéria" rendimento diário entre 10 e 15 euros por dia (estamos claramente na geração dos 500 - leia-se quinhentos euros), pergunto eu, para onde nos querem atirar, para onde queremos seguir?!!!

 

Para clarificar melhor este meu pensamento, pergunto:

 

- Queremos este modelo de sociedade, onde a maior parte do tempo estamos no meio da multidão, mas completamente em solidão. Procuramos fazer fintas á vida de modo a conseguirmos algo dos nossos 10 a 15 euros diários, e sentimos que muitas pessoas procuram a dignidade de ter os seus compromissos em dia em contraste com a indignidade (não dignidade) humana "imposta" de não ter o essencial e até passarem fome.

Estamos numa sociedade em, que apenas pelo simples factor económico, somos todos corroídos, uns porque têm de mais e outros porque têm de menos. Perdeu-se completamente a noção do equilíbrio, em que a "matéria" é colocada ao serviço do ser humano e não para o atirar e confrontar com a sua indignidade. - Terrível!!!…

Estamos a construir claramente uma sociedade a preto e branco, em nome da globalização.

 

Eu quero e procuro…

 

- Uma sociedade em que o essencial, a VIDA venha á frente, volte ao sabor da terra, ao sabor das gentes, ao sabor da cultura, ao simples que são os maiores momentos da nossa vida. Em que o valor pessoal e humano (na sua dignidade) continue em alta. Que consigamos dignificar a nossa condição de crianças e de velhos.

 

Não sou saudoso de nada, porque o que passou já nos fez crescer, mas quero acreditar que já ali…os nossos jovens vão tirar as conclusões certas destes 34 anos (malucos) pós 25 Abril, para termos daqui a uma geração (25 anos) o Portugal que nos merece e que todos merecemos.

 

O MEU GRITO

Trabalhemos mais para o bem comum, pela esperança de uma grande geração.

Os nossos filhos merecem. Eles vão com certeza ser melhores.

 

como eu estou: com esperança
a ouvir no CD ou no YouTube: Dar e Receber - António Variações
publicado por agoradigoeu às 10:06
link do post | no comments | bisbilhotar (2) | favorito
Sexta-feira, 27 de Junho de 2008

Obsessão

Queria deixar aqui a seguinte questão.

 

Preocupação (Obsessão) desenfreada com o défice público. E o défice familiar, como é??!!!  Em plena recessão económica mundial, onde o preço dos juros (viva a EU e monetária!!!) e dos bens essências dispararam para valores incomportáveis para a nossa geração dos 500 Euros. Em que o mercado de arrendamento não funciona (quase não existe) e mais de 70% das famílias portuguesas têm casa própria (digo alugada aos bancos e por bom dinheiro), aliás os grandes senhorios são os bancos,… e que senhorios???!!!

Pergunto eu, não é CRIME, o que se anda a fazer aos desgraçados dos portugueses???!!!

Como é que podemos ouvir falar o Senhor Peres Metelo  que a verdade é que o povo (vulgo famílias) anda ao tempo a consumir acima da riqueza gerada. Diga-me o Senhor como é que se gera riqueza, ensine-me ou então demonstre, porque eu não sei ou já me esqueci???!!! Onde é que estão os fundos estruturais (vulgo dinheiro da CEE). Amigos, já há muitos anos que a economia cresce á conta do crédito desenfreado, para proporcionar os lucros brutais aos bancos. Cortem o crédito, para verem esta economia, em que “drogaram” o povo, estoirar por todos os lados. Se não for doutra maneira.

 

Temos pelo menos direito á indignação,…ou não?!!!

 

Digoeu

 

Este comentário fi-lo no Semanário SOL on-line, mas este pessoal costuma censurar estes comentários, e por via das dúvidas e eu me recordar, aqui fica.

 

Noticia “SOL”

 

“Governo

‘Le Figaro’ dedica artigo à ‘lição de austeridade’ de Sócrates

O diário francês Le Figaro publica hoje um artigo intitulado «a lição de austeridade de José Sócrates», sublinhando que Portugal reduziu em três anos dois terços do seu défice, mas tem um crescimento económico «em queda livre»”

 

como eu estou: Indignadissimo................
a ouvir no CD ou no YouTube: Money - Pink Floyd
publicado por agoradigoeu às 18:40
link do post | no comments | favorito
Quarta-feira, 25 de Junho de 2008

Dúvida...

A nossa luta é pela sobreposição dos sentidos aos sentimentos ou dos sentimentos aos sentidos? Ou mais que isso?

 

A minha (ou nossa) procura de respostas interiores ou exteriores a esta grande questão, tem me levado a navegar, navegar e encontrar algumas exteriorizações de valor inquestionável.

 

Como esta:

 

“Sobre mim.... ou sobre Nós...

 

CADA UM DE NÓS É UM MUNDO A DESCOBRIR...

Somos lindos, divinais, puros e a nossa essência é o amor.

 

Infelizmente, somos adultos apenas de idade e tamanho, porque olhamos uns para os outros em vez de olharmos uns pelos outros.

Invejamos e competimos uns com os outros em vez de sermos uns para os outros.

Deitamos comida boa para o lixo nos supermercados - com permissão do Governo - enquanto milhares de pessoas morrem de fome todos os dias.

Queremos todo o poder e riqueza, em vez de a partilharmos de forma a todos poderem usufruir dos seus direitos à qualidade de vida e felicidade conjunta.

Fazemos mal ao próximo sem pensar que estamos a fazer mal a nós mesmos, pois o próximo faz parte de nós, pertencemos todos do mesmo "TODO"!

Ambicionamos os tesouros materiais quando a felicidade reside nos espirituais, o maior de todos: O AMOR-PROPRIO,O AMOR INCONDICIONAL - o único e verdadeiro AMOR!

 

Se cada um de nós a cada dia escolher agir na base do AMOR e não do medo, insegurança ou maldade, vai descobrir a verdadeira felicidade DENTRO DE SI MESMO.

A FELICIDADE É LIBERDADE, AMOR, VIDA, PAZ E DELEITE!

Só a encontra quem a busca de todo o coração.

 

A despeito do mal que te façam, perdoa!

 

O maior presente que podes dar a ti mesmo é fazer bem a todos na medida da tua possibilidade e acima de tudo amares a ti mesmo!

 

Busca a tua PAZ INTERIOR e jamais precisarás de encontrar alguém para te sentires completo/a.

UTOPIA? Não.... A mais antiga das realidades e fundamentos do Universo... em que nós não temos tempo para pensar, porque andamos demasiado ocupados a trabalhar, a tentar estabilizar a vida e acabamos por nos esquecer do principal...”

 

 

este texto tem autoria de

 Paula Félix

em 11 de Maio de 2008

algures na WWW

 

como eu estou:
a ouvir no CD ou no YouTube: Feelings - Frank Sinatra entre outros
publicado por agoradigoeu às 17:54
link do post | no comments | favorito
Domingo, 22 de Junho de 2008

Esta vida virtual que temos.

Cada vez ando mais confundido!.

 

A realidade confunde-se com o virtual e o virtual com a realidade.

Hoje proliferam os pseudónimos, não nos entendemos pelo olhar, a nossa escrita perdeu a personalidade da caligrafia, o computador respeita os acordos ortográficos, parte do comércio passou para casa e sem atendimento, perdemos a sedução de tantos momentos,

os nossos filhos nascem em badajoz, os nossos políticos pedem-nos o que na realidade nos é impossível e que só virtualmente vamos dando, os nossos relacionamentos são virtuais, so on and so on...

 

Diria concerteza um dos nossos humoristas, "estamos numa sociedade cheia de virtudes".

 

Eu defendo para o meu país a venda de realidades (mais virtuosismo-próprio do português), do que tem substância do que nos motiva a vida. O sol, a praia, a agua, o receber, o Alentejo, o Minho, as Beiras, a gastronomia, o vinho, o azeite, os doces, a cortiça, a nossa história, a cultura (retiremos o betão), as quintas, o turismo rural, so on and so on.

 

A verdade é que somos tão "ricos" e tão reais e....

 

até os sentimentos passaram a ser virtuais...

 

digo eu

como eu estou:
a ouvir no CD ou no YouTube: Wild World - Cat Stevens
tags: ,
publicado por agoradigoeu às 18:14
link do post | no comments | bisbilhotar (2) | favorito
Quinta-feira, 19 de Junho de 2008

Desabafo.

O nosso estado civil não devia ser um factor de descriminação, mas é, e muito, e em todos os estados civis.

 

Bolas eu sou casado, o meu núcleo de amizades, de contactos, de procura de entender e formar a minha opinião sobre a melhor maneira de viver, está condicionada ao meu estado civil?!!! Não e Não!!!

 

Eu não posso partilhar a vida com divorciados(as), viúvos(as), solteiros(as), homosexuais, toxicodependentes, politicos(?), sei lá... partilhar o pluralismo de tudo com todos?

 

Há pessoas (gentinha) muito mal formada, que só porque é mal formada, põe em causa a boa formação dos outros e põe todos os conteúdos em dúvida como se a vida de uma só verdade vivesse.

 

Cresçam e vivam sem complexos e sobretudo sem complexarem...mais...a sociedade.

 

Morcões!!!!!!!!!!!!!!!!!!

 

Desculpem-me mas tive um ataque de mau humor.

 

digoeu

 

 

como eu estou: mesmo zangado
a ouvir no CD ou no YouTube: Here I go again - White Snake
publicado por agoradigoeu às 00:15
link do post | no comments | favorito
Segunda-feira, 16 de Junho de 2008

América e o Mundo.

O Dr. Martin Luther King, Jr. (15 de janeiro de 1929, Atlanta, Geórgia – 4 de abril de 1968, Memphis, Tennessee) foi um pastor e activista político estadunidense. Pertencente à Igreja Batista, tornou-se um dos mais importantes líderes do activismo pelos direitos civis (para negros e mulheres, principalmente) nos Estados Unidos e no mundo, através de uma campanha de não-violência e de amor para com o próximo. Se tornou a pessoa mais jovem a receber o Prémio Nobel da Paz em 1964, pouco antes de seu assassinato. Seu discurso mais famoso e lembrado é "Eu Tenho Um Sonho".

                          

Eu tenho um sonho. O sonho de ver meus filhos julgados por sua personalidade, não pela cor de sua pele.

Martin Luther King

 

Barack Hussein Obama, Jr. (Honolulu, 4 de agosto de 1961) é um político dos Estados Unidos da América, actualmente senador pelo estado de Illinois. Obama é o único senador preto na actual legislatura. Obama é na actualidade o candidato do Partido Democrata a eleições presidenciais de 2008, tendo formalizada sua candidatura em 4 de Junho de 2008.

 

Nas próximas eleições americanas far-se-á com toda a certeza história, e o mundo mudará para melhor, em nome dos grandes nomes do século XX que mantêm o sonho do ser humano em alta, entre eles:

 

Madre Teresa de Calcutá

João Paulo II

Mahatma Gandhi

Nelson Mandela

 

e com certeza

 

Martin Luther King

 

"que passo para a humanidade"

digo eu

 

como eu estou:
a ouvir no CD ou no YouTube: Don't Worry, Be Happy - Bobby McFerrin
publicado por agoradigoeu às 17:02
link do post | no comments | favorito

Hoje vou falar de ARTE, talvez...

A Arte em toda a sua amplitude, em todas as suas formas de realização, em todas as suas formas de expressão, é profundamente bela,…mas mesmo profundamente bela!

 

Na pintura…

Na arquitectura…

Na escultura…

Na fotografia…

Na poesia…

 

É a comunicação extrema para o êxtase dos nossos sentidos…

 

Com ou sem intervenção do homem.

 

O feminino…

O masculino…

O nu…

 

A natureza…

Uma baía…

Uma floresta…

Um vulcão…

Uma cordilheira…

 

 

A vida.

 

Os animais…

golfinhos, cavalos, cães, gatos, pardais, andorinhas, linces…tantos…tantos…

 

As plantas.

 

Um jacinto, uma rosa, uma orquídea, uma margarida, uma papoila, uma gerebera, uma tulipa, um cravo, um malmequer, os lírios, uma hortense…tantas…tantas…

 

As árvores.

 

As oliveiras, os sobreiros, as azinheiras, as amoreiras, as vinhas…tantas…tantas…

 

Arte na sua expressão mais alta do belo é a tradução plena nos nossos sentidos do sublime para onde a natureza nos transporta.

 

A minha profunda gratidão e agradecimento ao realizador de tudo isto.

 

OBRIGADO…!!!

 

como eu estou:
a ouvir no CD ou no YouTube: Wonderful Tonight - Eric Clapton
tags: ,
publicado por agoradigoeu às 12:26
link do post | no comments | favorito
Terça-feira, 10 de Junho de 2008

Pensamentos...

“Recomeça... se puderes, sem angústia e sem pressa e os passos que deres, nesse caminho duro do futuro, dá-os em liberdade, enquanto não alcances não descanses, de nenhum fruto queiras só metade.”

 

Miguel Torga

 

“Se não se passou pela obrigação absoluta de obedecer ao desejo do corpo, isto é, se não se passou pela paixão, nada se pode fazer na vida.”

 

Marguerite Duras

 

 

como eu estou:
a ouvir no CD ou no YouTube: I CAN'T TELL YOU WHY - EAGLES
publicado por agoradigoeu às 16:10
link do post | no comments | favorito

>mais sobre...

>pesquisar

 

>Agosto 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

>posts recentes

> ...

> Perdi...

> Mãe...a minha vida

> O DIA DA MÃE ... DA MINHA...

> Mãe...a minha vida

> O MEU AMOR PELA MINHA MÃE...

> Mãe...a minha vida

> Aos 46...

> Aos 46...

> Sensações...

>na pen

> Agosto 2010

> Maio 2010

> Abril 2010

> Março 2010

> Fevereiro 2010

> Janeiro 2010

> Dezembro 2009

> Novembro 2009

> Outubro 2009

> Setembro 2009

> Agosto 2009

> Junho 2009

> Maio 2009

> Abril 2009

> Março 2009

> Fevereiro 2009

> Janeiro 2009

> Dezembro 2008

> Novembro 2008

> Outubro 2008

> Setembro 2008

> Agosto 2008

> Julho 2008

> Junho 2008

> Maio 2008

> Abril 2008

>tags

> todas as tags

>gosto mesmo muito

> Para além de mim

> O DIA DA MÃE ... DA MINHA...

> 30 de Fevereiro de um ano...

> Pediste-me para Pintar

> ...Pedaços...

> Cansada

> Agradar a Gregos e a Troi...

> MÃE

> Parabéns Olimpicos - Para...

> anonimato...

blogs SAPO

>subscrever feeds