Segunda-feira, 23 de Novembro de 2009

DESAFIO EM CADEIA 4ND ROUND..!!

DESAFIO EM CADEIA 4ND ROUND..!!

"A Árvore dos Segredos" [cl_1042475.jpg]

 

Um épico de amor, perda e aprendizagem da vida.  Um poderoso romance sobre o sentimento de pertença a um lugar, sobre a violência das paixões e o deixar para trás o passado recomeçando noutro lugar, investindo em outros afectos.

Na vida não amamos só uma vez, nem de uma só forma.

Sofia, a protagonista, descobre isso já mulher.

Mas descobre-o ainda a tempo de ser feliz..

 

Este livro surgiu assim de rompante, inclusive deixei outro a meio,  a curiosidade falou mais alto e o desafio estava no sangue,  comecei a ler e de início não me entusiasmou, não sentia própriamente uma obrigação, mas tinha sim um propósito, uma finalidade que me honrava e me entusiasmava pelo facto de estar em minhas mãos  a responsabilidade, mas também a satisfação de dar continuidade  a este elo,  semeado pela Sonhandoaosquarenta com  Saudade,  fertilizado com a Sensibilidade  da Tiger e  acolhido na  Sinceridade do CúmpliceDoTempo  e de todos os que seguem este desafio em cadeia. Uma noite (após muito tempo de ele estar a hibernar em cima da minha mesa de cabeceira!) recomecei a lê-lo e tenho-vos a dizer que o terminei em menos de uma semana. A leitura é envolvente e estava sempre na expectativa do próximo capítulo para ver o que aconteceria a seguir! Consegui resistir, com verdadeira coragem, a ler o final do livro a meio da história... Tava em pulgas!!! É um romance, um pouco floreado, mas muito bonito!  Aconselho vivamente e ..(o que é isto?)...quem está a apitar???....Bibibiib....bibibiibib.....sai da frente pá!!!
 
 
ALERTA VERMELHO!!..ALERTA VERMELHO...
 
  
 
O DESAFIO EM CADEIA VAI ...COMEÇAR A PEDALAR...
 
Apertem os cintos, mãos no volante, capacete a jeito, sem travões ou interrupções,  pé no acelerador, soltem a imaginação, e começem a salivar os vossos segredos, e não culpem o vento por os espalhar, porque aqui o que conta é a Vossa ....
 
 
"SIMPLICIDADE"
 
Muito rápidamente este desafio em cadeia consiste:
 
 
1 – Eu dou-vos uma PALAVRA (Simplicidade) e vocês escrevem qualquer coisa sobre ela (uma frase, um poema ou mesmo um texto)
 

2 - As respostas podem ser feitas para o e-mail: libel@sapo.pt

 Poderiam eventualmente ser deixadas em comentário, mas para isso teria que moderar os mesmos e não faz parte do conceito deste blog.

 

 3-  Os trabalhinhos devem ser entregues no prazo de uma semana.

 

 

   – O Vencedor recebe um livro (Árvore dos Segredos) e coloca o mesmo desafio no seu blog e compromete-se (depois de ler o livro) a passar o livro a quem vencer o seu desafio e assim sucessivamente.

 

(Todos os trabalhos recebidos, ficarão recolhidos até à data do resultado)

 

E... pronto??...Posso dar a partida

Vai ser uma experiência fabulástica...

...fico ansiosa à Vossa espera..!!

 

 

Beijokas (XUAC)

Iz@

 

 

 

 

Pontes entre nós - Pedro Abrunhosa

http://www.youtube.com/watch?v=UsOH6oqqBGk

Pontes entre nós - versão para RFM

http://www.youtube.com/watch?v=sz87ZOuxN_Q

como eu estou: Desafiado
a ouvir no CD ou no YouTube: Pontes entre nós - Pedro Abrunhosa
tags:
publicado por agoradigoeu às 11:03
link do post | no comments | bisbilhotar (5) | favorito
Domingo, 8 de Novembro de 2009

Gostaría...

 

Era assim que eu gostaria que fosse…

Que me pudesse, em algum momento, realizar.  

 

Diário de um Homem que foi e sempre será criança,

como todas as crianças e Homens do nosso mundo…

O meu testemunho de vida (a realizar, se o conseguir)

 

Muito poucas forças ou nenhumas sinto ou tenho para continuar. Gostaria que tivessem outra imagem de mim, mas já não sou, já perdi, já não vou a tempo…talvez porque nunca o fui!!!

 

Gostaria também que o mundo, pequeno ou grande, conhecesse a história de um eu que está dentro de mim e que, pelo que a reacção exterior me revela, nunca se mostrou, nunca foi ele e não será jamais, PORQUE JÁ NÃO SOU!!!…

 

Gostaria também que o mundo, pequeno ou grande, conhecesse o que eu vivi o que senti que fui na esperança de ser o que nunca fui e que sempre entendi que era, mas alguém conseguiu que eu não fosse…

 

Gostaria também que o mundo, pequeno ou grande, conhecesse que existe sempre uma família, mas que na realidade não é aquela que se quer impor por qualquer laço de sangue, mas aquela que nós sentimos e realmente queremos.

 

Gostaria também que o mundo, pequeno ou grande, conhecesse que senti os mais mesquinhos sentimentos da parte de alguém que nunca os poderia ter ou provocar.

 

Gostaria também que o mundo, pequeno ou grande, conhecesse que amei no alto da mais alta montanha, na paixão mais louca que senti no meu ser. E que daí, na junção dessa loucura, no momento mais nobre do milagre da vida, nasceste tu filha, que me trazes a única paz que tenho dentro de mim, por seres o que todos gostaríamos de ser no nosso melhor. Assim és e serás.

 

Gostaria também que o mundo, pequeno ou grande, conhecesse…

 

Gostaria também que o mundo, pequeno ou grande, conhecesse, por fim e desde o principio essa verdadeira história da minha vida,

nos meus 46 anos de existência…no

meu testemunho de vida

nrbto 08-11-2009

 

Flor da Pele - Zeca Baleiro

http://www.youtube.com/watch?v=VI41-8gm7HA

como eu estou: em sangue...por dentro e fora
a ouvir no CD ou no YouTube: Flor da Pele - Zeca Baleiro
publicado por agoradigoeu às 14:21
link do post | no comments | bisbilhotar (2) | favorito
Sexta-feira, 6 de Novembro de 2009

Deixei de acreditar...

O6 de Novembro de 2009

 

CAÍ…

 

Estou no escuro, enfrento hoje a escuridão. No fundo, lá mesmo no fundo. Onde a esperança não reside e o desespero é o nosso companheiro. Amargura, tristeza, derrota, revolta, angústia… tudo isto num “panelão” bem grande de sofrimento. Não vejo caminho mais para o fundo, mas como está escuro, como breu, é capaz de haver mais fundo…lá no fundo. Talvez…

Quero formar uma ideia a  meu respeito, aquilo que fui e sou, mas a cabeça está num vazio… em prefeita escuridão. Sinto-me destruído, no caminho, nos valores, nas causas, na pessoa… no que construí esperançadamente e sonhei…

Hoje é o começo do fim… e em 09 de Dezembro de 2009, aí será o fim para um princípio que não esperanço…não prevejo…não sinto…não entendo…

 

Hoje alguém matou o AMOR

em que eu acreditava…

nrbto 06-11-2009

 

Lover why - Century

http://www.youtube.com/watch?v=ANQASWNWC4U

 

 

Lover why

porque é que as flores morrem...

digoeu

 

 

como eu estou: no fundo...
a ouvir no CD ou no YouTube: Lover why - Century
publicado por agoradigoeu às 19:09
link do post | no comments | favorito

>mais sobre...

>pesquisar

 

>Agosto 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

>posts recentes

> ...

> Perdi...

> Mãe...a minha vida

> O DIA DA MÃE ... DA MINHA...

> Mãe...a minha vida

> O MEU AMOR PELA MINHA MÃE...

> Mãe...a minha vida

> Aos 46...

> Aos 46...

> Sensações...

>na pen

> Agosto 2010

> Maio 2010

> Abril 2010

> Março 2010

> Fevereiro 2010

> Janeiro 2010

> Dezembro 2009

> Novembro 2009

> Outubro 2009

> Setembro 2009

> Agosto 2009

> Junho 2009

> Maio 2009

> Abril 2009

> Março 2009

> Fevereiro 2009

> Janeiro 2009

> Dezembro 2008

> Novembro 2008

> Outubro 2008

> Setembro 2008

> Agosto 2008

> Julho 2008

> Junho 2008

> Maio 2008

> Abril 2008

>tags

> todas as tags

>gosto mesmo muito

> Para além de mim

> O DIA DA MÃE ... DA MINHA...

> 30 de Fevereiro de um ano...

> Pediste-me para Pintar

> ...Pedaços...

> Cansada

> Agradar a Gregos e a Troi...

> MÃE

> Parabéns Olimpicos - Para...

> anonimato...

blogs SAPO

>subscrever feeds