Domingo, 22 de Março de 2009

duas paixões...

A pintura…

Reproduzo aqui um quadro que tenho do pintor mestre Vieira Baptista o qual, como a maior parte do que possuo, representa mais um momento, uma etapa da minha vida.

Foi na altura que adquiri este quadro, Natal de 1998, que deixei um trabalho de mais de 16 anos, a que me dediquei, como tudo o que faço, de alma e coração. Quiseram assim aqueles que me orientam e me protegem (na influência do meu ser) que o meu percurso de vida profissional e também pessoal, fosse grandemente alterado nesta altura. “Here I go again”.

A pintura é reveladora de um Cristo de rosto calmo, em que os seus espinhos cravados poderiam ser sinónimo de sofrimento, mas não…, cobertos pelo pano branco, parece-nos fazer revelar que tudo passa, por pior que seja…

A fragmentação do Seu (Cristo) corpo, para mim, representa o lado eterno, a desmaterialização do corpo em espírito.

 

Visionismo

Luís Vieira-Baptista

Nasceu em Lisboa, em 1954, no dia 15 de Fevereiro.

A perspectiva de ir para a guerra em África, condicionou as suas escolhas académicas, trocando uma

hipótese de ser arquitecto por um compromisso de 7 anos com a Marinha Mercante.

Frequentou, contudo, o curso de Desenho com Modelo Vivo na Sociedade Nacional de Belas Artes.

Começou a expor individualmente em 1975, no Casino Estoril.

Em Nova Iorque, Estados Unidos da América apresentou pela 1ª vez a corrente estética denominada

de Visionismo.

Medalha de Mérito, Grau Ouro, atribuída pela Câmara Municipal de Oeiras.

Mais de meia centena de exposições individuais e colectivas em Portugal e no estrangeiro.

Foi co-fundador dos grupos Visionista e Artitude.

Está representado em inúmeras colecções de Arte, públicas e privadas, um pouco por todo o mundo.

http://galeriamm.com/artistas/vieira_baptista.html

 

A música…

 

http://www.youtube.com/watch?v=Qc31uexnjx4

 

e agora

digoeu

 

 

como eu estou: a disfrutar...
a ouvir no CD ou no YouTube: Here I go Again
tags:
publicado por agoradigoeu às 12:14
link do post | no comments | favorito
Quarta-feira, 14 de Janeiro de 2009

Para que não se perca...nunca...

Para mim tem todo o sentido. O sentido que me dá.

Sexo fácil
Comida enlatada
Camisolas já velhas
Maluquice avançada
 
Unhas em sangue
Areia nos pés
Energias em baixo
Pobre à porta da Sé
 
Livros gastos
Companheiros perdidos
Saudades da infância
Objectos parecidos
 
Homem só
Poema sem rima
Tédio de horas vividas
Desprezo e auto estima
 
Psiquiatria
Enforcados, paixões
Altas velocidades
Gabarolas de acções
 
Metropolitano
Água benta da fé
Harmonia de rede
Crenças na chaminé
 
Horas vagas
Perdidas e vazias
Apagadas as luzes,
A solidão dos dias
 
Frieza artística
Som de pranto calado
Energias contadas
E o dinheiro acabado
 
Ilusão acesa
Mentes de esferovite
Obscuras mentiras
Querem que eu acredite
 
Pau de raiz
Pura psicologia
Angústias recalcadas
Tédio e monotonia
 
Estabilidade
De um só cativeiro
Descartes, Kant
Eu e o mundo inteiro
 
Nem eu nem sonhos
Nem ilusões
Aperto a mente e penso
Híper abstracções
 
Do Blog:

 

POEMAS DA MINHA ADOLESCÊNCIA. DAS CRISES EXISTÊNCIAIS E DO AMOR EM ESTADO PURO.
como eu estou: no dia de NATAL
a ouvir no CD ou no YouTube: Versos de amor - Tributo a Carlos Paião
tags:
publicado por agoradigoeu às 03:22
link do post | no comments | favorito
Segunda-feira, 16 de Junho de 2008

Hoje vou falar de ARTE, talvez...

A Arte em toda a sua amplitude, em todas as suas formas de realização, em todas as suas formas de expressão, é profundamente bela,…mas mesmo profundamente bela!

 

Na pintura…

Na arquitectura…

Na escultura…

Na fotografia…

Na poesia…

 

É a comunicação extrema para o êxtase dos nossos sentidos…

 

Com ou sem intervenção do homem.

 

O feminino…

O masculino…

O nu…

 

A natureza…

Uma baía…

Uma floresta…

Um vulcão…

Uma cordilheira…

 

 

A vida.

 

Os animais…

golfinhos, cavalos, cães, gatos, pardais, andorinhas, linces…tantos…tantos…

 

As plantas.

 

Um jacinto, uma rosa, uma orquídea, uma margarida, uma papoila, uma gerebera, uma tulipa, um cravo, um malmequer, os lírios, uma hortense…tantas…tantas…

 

As árvores.

 

As oliveiras, os sobreiros, as azinheiras, as amoreiras, as vinhas…tantas…tantas…

 

Arte na sua expressão mais alta do belo é a tradução plena nos nossos sentidos do sublime para onde a natureza nos transporta.

 

A minha profunda gratidão e agradecimento ao realizador de tudo isto.

 

OBRIGADO…!!!

 

como eu estou:
a ouvir no CD ou no YouTube: Wonderful Tonight - Eric Clapton
tags: ,
publicado por agoradigoeu às 12:26
link do post | no comments | favorito
Terça-feira, 29 de Abril de 2008

Oliveiras

Uma árvore do outro mundo!!!

 

Dado a minha paixão pela arte e, assim, pelo mundo que nos rodeia, faço um apelo muito concreto:

 

Apreciem bem as Oliveiras, e vão directamente á conclusão a que eu chego : “- É uma árvore do outro mundo.”

 

Os seus troncos centenários, são esculturas autênticas, trazendo-nos, pelo trajecto da sua vida, as mais deliciosas visões quando as apreciamos a procurar-mos entender como nasceram, cresceram e têm vivido até esse dia.

O verde grisalho das folhas contrasta com a rudeza dos seus troncos.

Um olival é uma paisagem maravilhosa.

 

Diga-nos o pintor Auguste Renoir, nas suas memórias (!!!?), qual a razão que o levou a comprar um enorme olival (sabendo que iria ser objecto de especulação imobiliária) propriedade no bairro Des Collettes (em cagnes-sur-mer), junto á lindíssima vila de Saint-Paul-de-Vence, na Provença francesa (la provence)  um dos grandes locais da pintura impressionista francesa.

Renoir faleceu em 1919 e esta propriedade foi transformada em museu.

Um maravilhoso olival. Obrigatório visitar.

 

Uma observação interessantíssima, sobre oliveiras centenárias, é a que um vendedor (de oliveiras) algarvio me fez:

“- Olhe, quando eu aqui cheguei eu era novo e estas oliveiras eram velhas. Agora, eu sou velho e as mesmas oliveiras são novas”.

 

Talvez este comentário nos leve para a velha questão, protejamos os traços da história e a natureza, para que os nosso filhos, possam desfrutar  tão bem ou melhor que nós.

 

digoeu

como eu estou:
publicado por agoradigoeu às 22:10
link do post | no comments | favorito

>mais sobre...

>pesquisar

 

>Agosto 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

>posts recentes

> duas paixões...

> Para que não se perca...n...

> Hoje vou falar de ARTE, t...

> Oliveiras

>na pen

> Agosto 2010

> Maio 2010

> Abril 2010

> Março 2010

> Fevereiro 2010

> Janeiro 2010

> Dezembro 2009

> Novembro 2009

> Outubro 2009

> Setembro 2009

> Agosto 2009

> Junho 2009

> Maio 2009

> Abril 2009

> Março 2009

> Fevereiro 2009

> Janeiro 2009

> Dezembro 2008

> Novembro 2008

> Outubro 2008

> Setembro 2008

> Agosto 2008

> Julho 2008

> Junho 2008

> Maio 2008

> Abril 2008

>tags

> todas as tags

>gosto mesmo muito

> Para além de mim

> O DIA DA MÃE ... DA MINHA...

> 30 de Fevereiro de um ano...

> Pediste-me para Pintar

> ...Pedaços...

> Cansada

> Agradar a Gregos e a Troi...

> MÃE

> Parabéns Olimpicos - Para...

> anonimato...

blogs SAPO

>subscrever feeds