Terça-feira, 17 de Março de 2009

Não estava esquecido...

 A Marta desafiou-me a:

 

1. agarrar o livro mais próximo

2. abrir na página 161

3. procurar a quinta frase completa

4. colocar a frase no blog

5. indicar cinco pessoas para continuar a tarefa

 

a verdade é que eu não regeito qualquer que seja o desafio de pessoas amigas e de que gosto especialmente, por isso já me sentia em falta. Aqui vai:

 

Nas condições pedidas:

 

1. Maleza - " O que vai dentro de mim! "

2. O verso " Hoje não pode ser ontem! "

3. já está...

4. " Mas hoje não pode ser ontem! "

5. É pena que não tenha alguém para desafiar, já o fiz noutras situações e só tive brancas.

Este meu canto serve para eu dizer umas coisas e falar comigo... e voltar ao assunto quandio quero de novo conversar.

 

Sem 161 páginas e á mesa de cabeceira:

 

1. Claudia Moreira - " Poemas de Amor e Desamor"

2. Não tem, mas tem a 61...

3. O verso " Perdida "

4. " A minha alma em chamas, "

 

Quem me "vê" e que goste que se sinta desafiado. Talvez...

 

Estou de saída para Toledo e Madrid, sexta-feira cá estarei se Deus quizer.

 

Beijos e abraços

do

norberto

esempreassimdigo

 

http://www.youtube.com/watch?v=BRpydFLplFQ

 

como eu estou: a cumprir o que sou
a ouvir no CD ou no YouTube: Paco Bandeira - A cigana e o Pastor
publicado por agoradigoeu às 09:17
link do post | no comments | bisbilhotar (2) | favorito
Terça-feira, 3 de Junho de 2008

Liberdade Condicional (Condicionada).

É verdade este nosso estatuto de vida em democracia, liberdade ou o que queiramos, é eternamente condicional.

 

Quer sejamos crianças,

Quer sejamos adultos,

 

Quer sejamos solteiros,

Quer sejamos casados,

 

Quer sejamos separados,

Quer sejamos divorciados,

 

Quer sejamos ricos,

Quer sejamos pobres,

 

Quer sejamos comuns,

Quer sejamos mediáticos,

 

Quer sejamos de esquerda,

Quer sejamos de direita,

 

Quer sejamos empresários,

Quer sejamos colaboradores,

 

Em qualquer condição sob condição.

 

Para ilustrar o que disse atrevo-me a deixar aqui um poema, que de entre muitos da sua autora, este também é especial.

 

Liberdade

A liberdade é querer o que não temos

Pois tudo lhe pedimos, sem limites

É ignorar da vida os seus convites

Se o fio da realidade já perdemos

 

Liberdade é pensar correr sem pressas,

Sentir o vento e nada mais importa

Como se atrás de nós ficasse a porta

Das tristes ilusões e das promessas

 

Liberdade é a força de sonhar,

Acreditar na humana perfeição

É esquecer a moral e a razão

Pisando o infinito, a divagar

 

Liberdade é procurarmos o momento

E imaginar que já o conhecemos

Mas quando o encontramos, aprendemos

Que a liberdade está no pensamento

 

Ana Leandro

In "http://euescreviapoemas.blogs.sapo.pt/2007/12/"

 

como eu estou:
a ouvir no CD ou no YouTube: Wild World - Cat Stevens
publicado por agoradigoeu às 18:30
link do post | no comments | favorito

>mais sobre...

>pesquisar

 

>Agosto 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

>posts recentes

> Não estava esquecido...

> Liberdade Condicional (Co...

>na pen

> Agosto 2010

> Maio 2010

> Abril 2010

> Março 2010

> Fevereiro 2010

> Janeiro 2010

> Dezembro 2009

> Novembro 2009

> Outubro 2009

> Setembro 2009

> Agosto 2009

> Junho 2009

> Maio 2009

> Abril 2009

> Março 2009

> Fevereiro 2009

> Janeiro 2009

> Dezembro 2008

> Novembro 2008

> Outubro 2008

> Setembro 2008

> Agosto 2008

> Julho 2008

> Junho 2008

> Maio 2008

> Abril 2008

>tags

> todas as tags

>gosto mesmo muito

> Para além de mim

> O DIA DA MÃE ... DA MINHA...

> 30 de Fevereiro de um ano...

> Pediste-me para Pintar

> ...Pedaços...

> Cansada

> Agradar a Gregos e a Troi...

> MÃE

> Parabéns Olimpicos - Para...

> anonimato...

blogs SAPO

>subscrever feeds